publicidade

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Folhinha nº 436 - de 4 a 10 de maio de 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 436 de 3 de maio de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(4 a 10 maio de 2015)



Folhinha - boletim interparoquial nº 435 de 26 de abril de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(27 abril a 10 maio de 2015)


 

domingo, 3 de maio de 2015

Falecimento - Sobresposta - Braga

Existem momentos que não conseguimos conter os nossos sentimentos, dias que ficamos sem palavras, sem nada para pensar, sem nada para dizer nem como o dizer, um vazio.....
Deus chamou para seu lado uma esposa, uma mãe, uma tia, uma madrinha, uma amiga, uma companheira, dos nossos irmãos escuteiros de Sobreposta, somente nesta hora podemos enviar a todo o agrupamento um abraço de solidariedade, e dizer as nossas orações são para vós, estamos convosco.
A toda a família Teixeira sentidas condolências, que Maria acolha esta Mãe em seus braços, Mãe que ontem partiu, e que Deus lhe dê o eterno descanso, descanse em paz.

Informamos que o Funeral da D. Joaquina Rosa Anunciação da Costa, (esposa do Ch. de Agrupamento, António Teixeira, e mãe dos Dirigentes: Paulo Teixeira, José Carlos Teixeira e Sofia Teixeira) se realiza hoje 3 Maio pelas 18h, na Igreja Paroquial de Sobreposta - Braga.
 

LUTO NACIONAL - 2 a 9 Maio

Pelo falecimento num trágico acidente, em atividade, dos pioneiros Flávio Miguel Afonso Mira Mendes e Diogo Castro Ferreira, do Agrupamento 1241 – Mortágua, da Região de Coimbra, ao abrigo do artigo 9º, do Regulamento de Protocolo do CNE, a Junta Central decreta luto oficial nacional por um período de 7 dias, a contar do dia 2 de maio de 2015.
O luto manifesta-se institucionalmente, pelo hasteamento a meia-haste das bandeiras ou por uma banda de crepe preto a cobrir a parte superior de bandeiras quando estas se encontrem em mastros portáteis.
Individualmente, os associados, querendo, podem usar uma braçadeira estreita de crepe preto, colocada no braço esquerdo, sobre o uniforme, como forma de manifestação pessoal de luto seja este institucional ou pessoal.
Lisboa e Sede Nacional
O Chefe Nacional
Norberto Correia
Extrato da OSN 650, de 29 de maio de 2015:
 

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Terramoto no Nepal - Ajuda

No dia 18 de abril, assistimos ao terremoto que aconteceu no Nepal, atingindo mais de 3.000 mortes e o dobro de feridos.
Sensibilizada com a situação, a WOSM - Organização Mundial do Movimento Escutista, criou uma campanha mundial, para a doação e suporte em espécie para ajudar as vítimas desse incidente.
Para doar: http://worldscoutfoundation.org/donate
Projeto na íntegra: http://scout.org/scoutaid

 

FESTIVAIS REGIONAIS DE BRAGA - Classificações Finais

O Núcleo de Fafe, acolheu no passado fim de semana de 25 e 26 Abril os Festivais Regionais 2015, promovidos pela Região de Braga do Corpo Nacional de Escutas e com o tema "Para Onde Vais ?"
Este ano os Festivais Regionais foram realizados no pavilhão Multiusos de Fafe.
Nesta edição estiveram a concurso:
 o VIII Festival escutista de curtas-metragens - EScurtas,
o XVI Festival Monsenhor Américo - FMA,
o II Concurso de Peças de Fogo de Conselho
e o II Concurso de Fotografia Escutista.

Neste evento foram relembrados dois escuteiros que recentemente faleceram, o Chefe do Núcleo de Fafe, Adriano Pereira, e a Pioneira Ana Sofia Bastos do agrupamento nº532 de Mascotelos, momento de grande emoção nestes Festivais.

Os Festivais Regionais contou com 15 curtas-metragens, 17 canções, 5 peças de fogo de conselho e mais de 50 fotografias. Estiveram presentes mais de 1200 escuteiros



Eis os resultados:

VIII Festival Escutista de Curtas-Metragens/ EScurtas
- Melhor Curta: ”Janelas Douradas” – 316 Sande - Guimarães
- Menção Honrosa: “Sei que não vou por aí” – 813 Marinhas – Cego do Maio
- Melhor Realização: “O caminho” – 667 Airão S. João - Guimarães
- Melhor argumento: “Traços de uma vida” – 1017 Sobreposta - Braga
- Melhor Ator Principal: “Janelas Douradas” – 316 Sande – Guimarães
- Melhor Ator Secundário: “Janelas Douradas” – 316 Sande - Guimarães
- Prémio Público: “Traços de uma vida” – 1017 Sobreposta” - Braga

XVI Festival Monsenhor Américo
1º Classificado: "Agora é hora de sair" – 005 Ronfe - Guimarães
2º Classificado: "Contigo ao infinito" - 966 S. Martinho de Medelo - Fafe
3º Classificado: "Nesse Lugar" – 1017 Sobreposta - Braga
Melhor Interpretação: "Para onde vais?" - 961 Fornelos - Fafe
Melhor Letra: "Se não te encontro" - 025 Merelim S. Pedro - Braga
Menção Honrosa: "A caminhar com Abraão" - 595 Arcozelo - Barcelos
Prémio do Público: "Nesse Lugar" - 1017 Sobreposta - Braga

II Concurso de Peças de Fogo de Conselho
1º Classificado: “Para Onde Vais” – 966 Medelo – Fafe
2º Classificado: “Branca de Neve e os Sete Anões” - 316 Sande – Guimarães
3º Classificado: “Cântico Negro” – 813 Marinhas – Cego do Maio

II Concurso de Fotografia Escutista
1º Classificado: “Em ti queremos” – 312 Louro - Famalicão
2º Classificado: “União Internacional” - 532 Mascotelos - Guimarães
3º Classificado: “Não tenhas Medo” – 312 Louro – Famalicão



fotos: CNE Junta Regional de Braga

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Somos Todos Pessoas‬

 #somostodospessoas

Organizações da Igreja Católica pedem mais atenção para com as vítimas da imigração forçada


Lisboa, 23 abril de 2015 - Consternação e indignação é o sentimento que une várias organizações da Igreja Católica numa manifestação de solidariedade e de alerta para a atual situação de muitos migrantes que têm sido ultrajados na sua dignidade humana ao tentarem atravessar fronteiras à procura das mais básicas condições para a sua sobrevivência.

Este ano, mais de 1500 pessoas morreram no Mar Mediterrâneo, um número 50 vezes superior ao de 2014.
Os acontecimentos dos últimos dias, nomeadamente a morte de mais de 700 pessoas que se viram
trancadas no porão do navio, e muitos outros já vividos não só no nesta região mas também noutros
lugares onde a imigração é considerada irregular face às leis humanas vigentes, obrigam-nos a não ficar calados, sob pena de sermos cúmplices de um verdadeiro massacre que deveria envergonhar o mundo, particularmente os que têm responsabilidades políticas.

Agência Ecclesia, Cáritas Portuguesa, Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP), Comissão Nacional Justiça e Paz, Comissão Nacional Justiça, Paz e Ecologia dos Religiosos, Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, Obra Católica Portuguesa de Migrações, Rádio Renascença , Serviço Jesuíta aos Refugiados e Sociedade de São Vicente de Paulo apelam a todos os portugueses para que, no próximo domingo, dia 26 de abril, coloquem nas suas janelas um pano branco ou usem uma peça de roupa branca e se unam, em oração ou num minuto de silêncio, aos milhares de pessoas que se sentem solidárias com todos os que buscam uma vida melhor para si e para as suas famílias e partem diariamente das suas terras na procura legítima de melhores condições de vida.

Em todas as eucaristias celebradas no próximo domingo, será incluída uma prece no momento da Oração dos Fiéis, rogando a Deus que nos ajude a construir “uma só família humana”.

As organizações da Igreja Católica, com o apoio da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, lembram que todas estas pessoas “são pessoas como nós que se vêm obrigadas a fugir do seu país porque vivem situações que ferem gravemente a sua dignidade e colocam em risco a sua sobrevivência e das suas famílias”.

Acreditamos que a União Europeia pode e deve fazer mais por cada uma destas pessoas, nomeadamente, olhando de forma diferente para os seus países de origem. As organizações da Igreja Católica pedem medidas que ultrapassem a excessiva preocupação securitária e de controlo de fronteiras e que se pensem alternativas de maior humanização.

Um gesto tão simples como este que agora se propõem é uma manifestação de indignação e, para além disso, deverá ser entendido como uma adesão pessoal e institucional à realidade vivida nas periferias e o inconformismo com uma cultura do descartável.

“São homens e mulheres como nós, irmãos que procuram uma vida melhor, famintos, perseguidos,
feridos, explorados, vítimas de guerras. Procuram uma vida melhor, procuravam a felicidade.” (Papa Francisco)


#somostodospessoas

O CNE associa-se à iniciativa ‪#‎somostodospessoas‬ em solidariedade para com aqueles que são forçados a emigrar.
Por todos os que perderam a vida no mediterrâneo, no próximo domingo, vamos vestir-nos de branco!
Sabe tudo sobre esta iniciativa aqui: http://goo.gl/aEJXmc
‪#‎cne‬ #somostodospessoas

quinta-feira, 23 de abril de 2015

23 de abril, dia de S. Jorge, Patrono Mundial do Escutismo


Dia 23 de abril é dia de São Jorge, Patrono Mundial do Escutismo, e neste dia, os escuteiros deverão lembrar-se da sua promessa e da lei de escuta. Não que um escuteiro a deva esquecer nos outros dias, mas o dia de São Jorge é um dia especial para reflectir sobre ela.

São Jorge - Patrono Mundial do Escutismo

S. Jorge (séc. III-IV) é um dos mais conhecidos santos da Igreja, e a sua reputação continua viva, em especial no Oriente, mas também um pouco por todo o mundo. Não há quaisquer pormenores históricos exactos sobre a vida deste santo da Igreja, sabendo-se, contudo, que o seu culto se espalhou rapidamente a partir da Palestina.

As lendas em torno desta figura insígne descrevem-no, geralmente, como cavaleiro da Capadócia (actual Turquia) que resgatou uma donzela de um dragão, gesto esse que levou ao baptismo de milhares de pessoas. É de referir que o pormenor lendário sobre a existência de um “dragão” foi um acrescento medieval à lenda já existente sobre S. Jorge. Mais tarde, vítima da perseguição do Imperador Diocleciano (244-311 d.C.), terá sido torturado e decapitado devido à fé que sempre e destemidamente defendeu. O seu martírio é celebrado liturgicamente pela Igreja no dia 23 de abril.


São Jorge e o Escutismo

Persistem algumas dúvidas relativamente à origem da devoção a S. Jorge em Inglaterra, mas há dados que apontam no sentido de ter sido considerado protector da Ordem da Jarreteira, já no reinado de Eduardo III, no século XIV.

Tendo o escutismo nascido em Inglaterra, Baden-Powell confiou, ao mesmo santo protector, o movimento escutista mundial. Por isso, S. Jorge é o patrono mundial do escutismo, representando a unidade dos escuteiros do mundo inteiro e, simultaneamente, o desejo de uma vida fiel e corajosa no cumprimento da vontade de Deus. Actualmente S. Jorge é o patrono de Inglaterra, dos soldados e dos escuteiros, e há mesmo numerosas igrejas em todo o mundo a ele dedicadas. 

Resultados da MISSÃO AMBIENTE

RESULTADOS da MISSÃO AMBIENTE!
Os escuteiros de Nogueiró agradecem a todos os que contribuiram para esta campanha, são 260 toneladas de medicamentos que não vão andar no lixo, prejudicando o ambiente.
Aos vencedores, parabéns.

VENCEDORES DOS PRÉMIOS ABSOLUTOS:

1º Prémio - Agrupamento 1189, Corim. 70 Elementos. 5.395,13 Kg.
2º Prémio - Agrupamento 142, Portalegre. 101 Elementos. 4.375,45 Kg.
3º Prémio - Agrupamento 575, São Félix da Marinha. 62 Elementos. 3.785,26 Kg.

VENCEDORES DOS PRÉMIOS PER CAPITA:

1º Prémio - Agrupamento 1102, Santo André – Barrô. 35 Elementos. 4.820,11 Kg.
2º Prémio - Agrupamento 1235, Cavernães. 47 Elementos. 3.122,90 Kg.
3º Premio - Agrupamento 1310, Arosa. 9 Elementos. 590,94 Kg.

NOTA: o número de elementos mencionado corresponde aos Censos 2015 disponibilizados pelo CNE.

O AMBIENTE E A SAÚDE AGRADECEM QUE CONTINUEM
A FAZER REGULARMENTE A ENTREGA DE EMBALAGENS VAZIAS
E MEDICAMENTOS FORA DE USO NA FARMÁCIA.
 
 
589 agrupamentos recolheram mais de 260 toneladas de medicamentos em todo o país. Parabéns CNE!
Confere os resultados aqui: http://www.missaoambiente.pt/resultados

Mas esta Missão tem que continuar, continue a entregar as embalagens na sua farmácia, o ambiente agradece e nós também.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Folhinha nº 434 - de 20 a 26 de abril de 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 434 de 19 de abril de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(20 a 26 de abril de 2015)


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Presidente do Comité Mundial do Escutismo em Braga a 17 de abril 2015 (Alteração do local)

Devido ao elevado número de inscritos, a sessão de apresentação das principais conclusões da Conferência Mundial do Escutismo com João Armando Gonçalves, Presidente do Comité Mundial do Escutismo, terá lugar no próximo dia 17 de abril pelas 21:30h, no auditório do IPDJ em Braga. Rua de Santa Margarida nº 6  - Braga





quarta-feira, 15 de abril de 2015

Presidente do Comité Mundial do Escutismo em Braga a 17 de abril 2015

No próximo dia 17 de abril 2015 às 21:30h, a sala Monsenhor Américo na Sede Regional - Rua da Boavista nº 51 - Sé - Braga, irá receber o Presidente do Comité Mundial do Escutismo, João Armando Gonçalves, que irá apresentar as principais conclusões da "Conferência Mundial de Escutismo e o futuro do Movimento Escutista".

Inscrições gratuitas mas obrigatórias no seguinte link 


Folhinha nº 433 - de 13 a 19 de abril de 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 433 de 12 de abril de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(13 a 19 de abril de 2015)

sábado, 4 de abril de 2015

Folhinha nº 432 - de 6 a 12 de abril de 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 432 de 5 de abril de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(6 a 12 de abril de 2015)

  

 

Folhinha nº 431 - de 30 março a 5 de abril 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 431 de 29 de março de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(30 de março a 5 abril de 2015)

 

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Missão Ambiente - fim da competição

Termina no final do dia de hoje 3 de abril 2015 a competição nacional da MISSÃO AMBIENTE, no entanto a Missão tem de continuar.
A consciencialização das pessoas para que entreguem as embalagens de medicamentos vazias ou fora de prazo nas farmácias foi o nosso mote para aderirmos a esta competição, agradecemos a todos os que aderiram a esta iniciativa, independentemente qual o agrupamento á qual contabilizaram as suas entregas. os escuteiros do 810 dizem: OBRIGADO.
Esta não foi uma meta, mas sim um ponto de partida para que continuem nesta missão de proteção do ambiente.
Não se esqueçam, o Ambiente agradece e nós também, continuem nesta Missão.



segunda-feira, 23 de março de 2015

Caminhada Solidária "Braga a mexer pela Maratona da Saúde"

O Agrupamento de escuteiros de Nogueiró, aceitou o desafio para colaborar,  no passado domingo dia 22 de março 2015, com a organização "Voluntária" da Caminhada Solidária "Braga a mexer pela maratona da saúde" a favor da Maratona da Saúde. A Caminhada teve inicio no parque desportivo da Rodovia e terminou no parque da Ponte. Durante a manhã, e a partir das 10h os participantes puderem; observar e realizar e experimentar, diversas atividades desde ZUMBA, Capoeira, Karaté, Cardio (Braga a Mexer), IMT-Instituto de Medicina Tradicional –  que ofereceu no local massagens aos participantes , Avaliação corporal- Braga a Mexer, Rastreio-Diabetes.


A Maratona da Saúde é um projeto solidário que alia o entretenimento à ciência e cria a oportunidade de acelerar a descoberta de terapias inovadoras para as doenças ainda sem cura. Site facebook


fotos: Descobrir Braga







 

Caminhada na Comunicação Social dia 23 março 2015


Jornal diário "Correio do Minho"


Jornal diário "Diário do Minho"

Folhinha nº 430 - de 23 a 29 março 2015

Folhinha - boletim interparoquial nº 430 de 22 de março de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(23 a 29 de março de 2015)






sábado, 21 de março de 2015

Luto Regional - Adriano da Cunha Pereira



De acordo com o artº 15º do Regulamento Geral do CNE e do ponto 2 do artº 9º do Regulamento de Protocolo do CNE, o Chefe Regional de Braga, Hugo Cunha, decreta Luto Regional por 7 dias, até 27 de março de 2015.

Os Escuterios de Nogueiró, prestam a mais sentida e profunda homenagem ao nosso irmão escuta Adriano Pereira. Chefe de Núcleo de Fafe, amigo dedicado e escuteiro de coração, hoje partiu para o acampamento eterno mas deixa-nos o seu exemplo e a sua dedicação às nossas crianças e jovens. Hoje ficamos mais pobres, mas certos que ele estará no acampamento eterno a olhar por nós!
O funeral realiza-se amanhã, domingo, dia 22 de março, pelas 15:00 horas, com missa de corpo presente, na Igreja Paroquial de Moreira de Rei, Fafe.
Aos seus familiares e amigos num abraço de solidariedade, pedindo ao Chefe Divino que o acolha no Acampamento eterno, descanse em paz

"O luto manifesta-se institucionalmente, pelo hasteamento a meia-haste das bandeiras ou por uma banda de crepe preto a cobrir a parte superior de bandeiras quando estas se encontrem em mastros portáteis.
Individualmente, os associados, querendo, podem usar uma braçadeira estreita de crepe preto, colocada no braço esquerdo, sobre o uniforme, como forma de manifestação pessoal de luto seja este institucional ou pessoal." - Ponto 4 e 5 do artigo 9º do Regulamento de Protocolo do CNE.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Caminhada Solidária - "Braga vai mexer pela maratona da saude"

Dia 22 de Março junta-te a esta causa solidária!! Encontro ás 10H no complexo desportivo da rodovia com varias actividades desportivas, seguindo-se uma caminhada até ao parque da ponte, com almoço solidário ás 13H (No Restaurante o Lago).

caminhada = 3 euros

Equipa Espiral - Zés-preiras
Clube de TÉNIS-Aula aberta a todos alunos sócios e não Sócios
IMT-Instituto de Medicina Tradicional – oferece no local massagens aos participantes
Avaliação corporal- Braga a Mexer
Rastreio-Diabetes

10h00-ZUMBA – Instrutores - Gleidy Jara e Hector Johny
10h30-Kombat Fight (GYMTONICO)
10H50-AXE (Academia da Mulher)
11h10-Capoeira (Capoeira Sul da Bahia)
11h30-Karaté (Clube Karate Wado Braga)
11h50-JiuJitsu (OXYGIM)
12h10- Cardio (Braga a Mexer)
12h30-Caminhada via Pedonal do Rio Este até ao Parque da Ponte

PARQUE DA PONTE
13H00-Almoço Solidário restaurante “o LAGO” muito entretenimento
17€ -Adulto 8.50€ Crianças até aos 10 anos
Música ao vivo -Musico convidado Israel Temp;
DJ/ Karaoque- João Oliveira
Animix –Artes/Entretenimento/Vida Noturna( insufláveis, Palhaços, entre outros);
HIP HOP- Academia Apolo
Dança do Ventre-Patricia Soares
Desfile de moda
Danças tradicionais-Braga a Mexer

domingo, 8 de março de 2015

"Coeducação no Escutismo: atualidade"



Coeducação no Escutismo: atualidade

Dia 8 de março celebra-se o Dia da Mulher. Sabendo-se que, mesmo nas sociedades ditas desenvolvidas, ainda há sinais claros de discriminação negativa das mulheres, faz todo o sentido que este dia continue a ser comemorado, quanto mais não seja para uma tomada de consciência sobre o trabalho que continua por fazer. Em 2015, em sociedades como a portuguesa, as mulheres ainda têm menor acesso a alguns tipos de emprego, ainda ganham em média menos do que os homens, ainda estão pouco representadas em estruturas de liderança.
No escutismo, a educação conjunta de rapazes e raparigas não foi inovadora e acompanhou, essencialmente, os movimentos da sociedade. Em 1907, Baden-Powell criou o escutismo apenas para rapazes e, apenas alguns anos mais tarde, por mão da sua esposa, foi criado o guidismo, exclusivo para raparigas. O que se esperava de rapazes e raparigas era diferente e, por isso, os percursos educativos tinham de ser diferenciados. Em Portugal, apenas nos anos 70 se deu a abertura do escutismo a raparigas, sendo o acesso a mulheres até essa altura restrito àquelas que quisessem exercer funções como chefes de lobitos (assumindo-se que a chefia de lobitos era uma espécie de prestação de cuidados a crianças e não uma verdadeira função educativa). Desde essa altura, generalizou-se o acesso de rapazes e raparigas ao escutismo, sem qualquer diferenciação nos papéis e perfis, mas sempre explicitando-se, na formação dos adultos, a importância de assumir a consciência da coeducação.
Estranha-se, por vezes, que o tema da coeducação ainda seja abordado na formação de dirigentes no CNE e o Dia da Mulher é talvez um bom contexto para referir a atualidade deste tema. Educar rapazes e raparigas em conjunto implica saber o que se está a fazer e não cair na tentação de tornar igual o que é diferente ou de ignorar o contexto social que é imposto. Comecemos por este segundo aspeto.
Os jovens hoje são bombardeados com um único modelo de relação possível entre sexos: o sexo oposto serve para namorar, numa perspetiva de namoro que significa ter relações sexuais. Este modelo único é apresentado em séries de televisão, em filmes, em conversas e até na histeria coletiva com que se celebra o dia de São Valentim logo nos jardins de infância. Parece que é impossível desenvolver relações de afeto e amizade saudáveis. O escutismo oferece um palco ideal para a vivência de relações radicalmente alternativas, para a imposição de modelos relacionais diferentes. É preciso que os jovens contactem com significados diferentes da palavra “amor”, que percebam que a palavra “amor”, no projeto cristão, tem uma aceção muito mais rica do que a que é imposta no folhetim telenovelesco em que alguns querem transformar a sociedade atual. Mas isto tem de ser explicitado junto de adultos e jovens e, para isso, é preciso falar abertamente sobre este tema.
Os homens e as mulheres têm diferenças. Há diferenças físicas, há ritmos diferentes de desenvolvimento e formas diferentes de estar e sentir. Alguns aspetos podem ser culturais, mas há muitos aspetos biológicos. Crescer com o outro é conhecer as suas diferenças e respeitá-las. Quem cresce numa vida em campo, em que se come à mesma mesa, se partilham espaços e jogos, tem de perceber com quem faz essa partilha. Educar para a vida em conjunto é fundamental para que o respeito seja uma regra inabalável. Estamos convictos de que uma geração que é criada a respeitar o outro sexo estará mais apta a criar uma sociedade mais justa, em que o outro sexo está apto a aceder às mesmas funções, aos mesmos vencimentos, às mesmas lideranças, com respeito pelas diferenças. Aos 12 anos, a rapariga não precisa de se comportar como um rapaz para ser guia de patrulha e ser reconhecida como tal pelos rapazes. Aos 40, não precisará de se portar como homem para ser CEO de uma empresa.
Isto é possível por praticarmos escutismo cristão, numa religião que, quando tal era socialmente impensável, colocou uma mulher no centro, como modelo de vida e como fonte de inspiração para homens e mulheres. Ela foi e é exemplo de maternidade e liderança. É, portanto, atual e, com Ela, podemos desejar a todas um feliz Dia da Mulher.

 



João Costa
(Chefe Regional de Setúbal)

sexta-feira, 6 de março de 2015

FOLHINHA - nº 428 - 9 a 15 de março de 2015 (clica na foto para ver maior)

Folhinha - boletim interparoquial nº 428 de 8 de março de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(9 a 15 de março de 2015)


domingo, 1 de março de 2015

FOLHINHA - nº 427 - 2 a 8 de março de 2015 (clica na foto para ver maior)

folhinha - boletim interparoquial nº 427 de 1 de março de 2015
(Paróquias de Nogueiró, Tenões, S. Pedro)
Intenções das missas e informações das 3 paróquias
(2 a 8 de março de 2015)


"Uma Viagem pelo Museu do Escutismo"

Uma noticia publicada hoje 1 março, no Jornal diário "Correio do Minho" :link para noticia do jornal
a passagem do nosso agrupamento (810 Nogueiró) pelo museu pode ser vista no seguinte link 

"Uma Viagem pelo Museu do Escutismo"

O Museu do Escutismo, sediado na freguesia de S. Martinho de Dume, celebrou 10 anos, no dia do fundador do movimento, Baden-Powell, “com muitas histórias”.
O sonho do chefe de escuteiros, Custódio Gomes Barros, foi transformado em realidade, estando aberto a todos. Este museu privado e património do chefe tem mantido as portas abertas sempre com “invulgar entusiasmo, dedicação, persistência e esforço financeiro que merece ser visitado e reconhecido pelo Corpo Nacional de Escutas”.

A celebração do aniversário ocorreu com a participação dos agrupamentos de escuteiros de S. Martinho de Dume e de Nogueiró, pertencentes ao Núcleo de Braga, que a animaram segundo o novo modelo de visitas, iniciado precisamente nesse dia festivo.

Esse novo modelo de visitas tem por base um guião específico que pretende orientar os visitantes para uma ‘viagem imaginária pelo mundo escutista’ através de milhares de objectos e símbolos expostos, editados em diferentes actividades locais, regionais, nacionais e internacionais, destacando-se delas os jamborees, acampamentos mundiais. Nesses objectos e símbolos escutistas incluem-se Bandeiras, galhardetes, bandeirolas, uniformes, lenços de investidura, insígnias e emblemas, chapéus, boinas, estatuetas, manequins e muitos outros. Esse guião orienta os visitantes identificando a história deste museu, os conteúdos disponíveis, a organização e a dinâmica própria conforme a metodologia escutista.

A metodologia escutista, nestas visitas, consiste em acolher os visitantes e formar patrulhas, adoptando os nomes próprios que BP utilizou na Ilha de Brownsea, Inglaterra. Tiveram os nomes de Patrulha Lobo, Touro, Maçarico e Corvo, quando BP realizou o primeiro acampamento experimental de escutismo, no período de 1 a 9 de Agosto de 1908.

As patrulhas são pequenos grupos, no máximo de oito pessoas, orientadas pelo seu guia de patrulha que os conduzirá nessa viagem imaginária pelo mundo escutista. Nessa viagem todos os escuteiros são convidados a fazerem um Jogo do Kim, que é muito conhecido e praticado no escutismo, como forma de animar e desenvolver capacidades pessoais de observação e de memorização. Os guias de patrulha e seus elementos são depois convidados a responderem, conjuntamente, a um questionário com 20 perguntas para recordarem objectos e símbolos existentes no museu.

No final da visita, cada patrulha receberá um certificado identificativo e em recordação desta actividade. As patrulhas, com melhor pontuação no Jogo do Kim, ficarão registadas no Quadro de Honra do Museu. Também é solicitada, a cada patrulha, a sua avaliação final da visita cujas respostas serão posteriormente apreciadas pela direcção do museu para efeitos de melhorias futuras, nomeadamente sobre o que os visitantes mais ou menos gostaram e suas sugestões.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Dia de BP e passagens de secção

Nos dias 21 e 22 de Fevereiro os escuteiros de Nogueiró - Braga, comemoraram o dia do fundador do escutismo, Baden Powell, com passagens de secção, uma visita ao Museu do Escutismo, em Dume- Braga e participando, juntamente com a comunidade paroquial de Nogueiró e Tenões na Via Sacra pelos escadórios do Bom Jesus, terminando o dia com a Eucaristia de Reunião de Piedade no Santuário do Bom Jesus do Monte.
fica o registo:
local de acantonamento - Sede da Junta de Freguesia de Nogueiró e Tenões

Local das Passagens de secção - Lago do Bom Jesus do Monte

Despedida da alcateia dos Lobitos que irão passar para Exploradores

a travessia dos Noviços

Acolhimento pelo Chefe de Expedição dos novos noviços e despedida dos Exploradores que irão passar para pioneiros


a travessia dos Noviços

 foto do grupo junto ao lago

Junto ao Santuário do Bom Jesus do Monte - com mensagens do Fundador do Escutismo

a divulgação das mensagens de BP, pelas pessoas que encontravamos pelo trajeto

à noite, os escuteiros viram uma apresentação sobre o Fundador do escutismo e meditaram sobre o significado de algumas das suas frases/mensagens

houve tempo também para os nossos escuteiros mostrem os seus dotes artisticos :-)

No dia 22 da parte da manhã os escuteiros dirigiram à Freguesia de Dume - Braga, para fazerem uma visita ao Museu do Escutismo

Durante a visita ao Museu, foram criadas patrulhas, com nomes das 1ªas patrulhas de Brownsea (Lobo, Corvo, Maçarico, Touro) para assim jogarem o jogo do KIM, No final da visita foram apresentados os resultados e a melhor pontuação das patrulhas foi colocado no quadro de Honra do Museu


No final da Visita a Chefe de Agrupamento, entregou aos responsáveis do Museu a Insignia do Agrupamento comemorativa dos 30 anos de escutismo em Nogueiró, bem como 15 autocolantes com mensagens de Baden Powell, e com a promessa de fazer chegar a insignia de agrupamento

na tarde de Domingo o agrupamento participou, juntamente com a Comunidade Paroquial na Via Sacra pelos escadórios do Bom Jesus